domingo, 11 de julho de 2010

Grande Paul!

E o polvo acertou mais uma vez, Fúria campeã!

sexta-feira, 9 de julho de 2010

Meu orgulho

Otto é um maridão, meu grande companheiro. Tenho muito orgulho de quem ele é, das coisas que faz, das atitudes que toma. Ele é esforçado, cavalheiro, gentil, esforçado, não tenho do que reclamar. Ele completa minha vida, meu dia a dia, faz toda a diferença. Tem uma família grande, é inteligente, juntos conversamos e debatemos sobre tudo que é assunto, cada um com seu ponto de vista, seus argumentos. Adoramos seriados, passear, ver filmes, viajar, a gente se completa! Admiro muito a força de vontade dele, a garra para trabalhar, estudar, fazer cursos, cuidar da casa, de mim, do Thomas. Ele como pai é sem comentários, brinca, participa, não deixa o Thom de lado quando ele está com a gente, vai nos brinquedos, na Playland, joga bola, vai ao parque. É uma pena ele não poder participar mais da vida do filho, mas aí já não é culpa dele, ele não pode abrir mão da felicidade dele para viver ao lado da mãe do Thom, por isso assiste o filho de onde dá e mesmo com as possibilidades restritas, ele arrasa! Eu amo amar o Otto, ele me faz cada dia mais e mais feliz! Três anos juntos, compartilhando alegrias, dificuldades, histórias. Ele já faz parte da minha história, pra sempre.

Te amo demais!

quinta-feira, 8 de julho de 2010

Saudades de um Loiro

Esses dias eu ando com tanta saudade do Américo... queria muito vê-lo. Ontem liguei pra Li (Li, se vc ler isso me liga!) montes de vezes, pensei neles o dia todo! Estava vendo fotos do dia em que fomos ao Parque da Mônica e me deu mais saudade ainda, ele é muito lindo, esperto, danado, tudo de bom mesmo. Ele é meu único sobrinho, meu preferido. Ele é loiro, cabelo de cogumelo, branquinho feito neve, agitado, um sorriso contagiante, fala que só. Simpático, adora o tio Otto, adoro ver os dois juntos. Enorme, ninguém acredita que aquele bebê loirinho e pequeno está virando esse moção. Carinhoso, faz cafuné mesmo quando você não pede, mas se ele não está afim de papo, sai de baixo, ele é genioso (é de família, huhuhu). Sou muito feliz por ser rodeada de pessoas tão queridas e de poder ter um sobrinho tão lindo por dentro e por fora como o Américo.

Loiro, essa tia Guá te ama demais! E o tio Otto também!


Um dos meus videos preferidos do Américo (muito cara de tio Otto!)

quarta-feira, 7 de julho de 2010

Ainda vou entender

Um dia eu ainda vou entender o porque as pessoas são más, egoístas. Também vou entender porque a inveja é tão grande, o sentimento de disputa é tão constante. Desde quando eu era molecona, com muitas idéias, mas pouca experiência, eu já me questionava: porque uma pessoa não pode ser feliz vendo o outro ser feliz? Ouvi essa frase numa música do Natiruts e nunca mais a esqueci, sempre lembro e penso quando vejo um tentando puxar o tapete do outro, prejudicar um amigo, um amor, um irmão. Quando o assunto tem a ver com o amor entre homem e mulher eu fico mais fula ainda. A pessoa tem que pensar que se aquele cara não a quer, tem um fila querendo. A auto estima e a confiança são sagrados remédios, parece que fazem os homens babarem em você, é só querer. Uma vez eu tive um coordenador gay cheio das filosofias doidas e ele dizia que quando você quiser passar despercebido num lugar, você precisa mentalizar o roxo. Eu sempre estou mentalizando o roxo no trabalho e dá tão certo. E o negócio é rezar muito pra Deus e nosso anjo da guarda, porque a energia negativa e a inveja vem com tanta força que a gente chega a sentir. Quando a gente tem fé em Deus e se ama, se valoriza, tudo funciona, flui. Ainda vou entender tudo isso...

Ouvindo: David Guetta feat. Kid Cudi - Memories

Ritmo de férias

Eu ando nesse ritmo esses dias, contando na folhinha quantos dias faltam para eu finalmente descansar. A escola está com poucos alunos, o pessoal todo já está naquela caaalma, trabalhando só pra terminar as obrigações mesmo, está um sossego. Tem momentos que a hora não passa, mas gente, hoje já é quarta! Falta só mais um dia, nem acredito. Ando cansada, faculdade, trabalho e sei que essas férias vão me dar um up sem igual, voltarei com todo o gás para mais um semestre de faculdade (fechado sem nenhuma DP com muitooo orgulho!) e mais trabalho, pra começar a reclamar da vida só lá pro fim de novembro, quando outras férias curtinhas virão, eita coisa boa! Não vejo a hora, que venham as férias!!!

Ouvindo: Stromae - Alors On Danse (gostei do som desse francês!)

Natureza

Taí uma coisa que eu adoro, natureza. Gosto de animais, de plantas, árvores. Sou daquelas tem dó de matar barata (e medo também, claro), que tem pena de arrancar flor bonita. No meu prédio tem muitas árvores, na frente da janela do meu quarto tem uma enorme, que passa da minha janela. No verão ela é bem verdinha, cheia de folhas, no outono, que nem agora, ela está pelada, sem uma folha, parece de desenho. No verão minha janela recebe a visita de vários bichinhos, lagartas, gafanhotos, que ficam descansando no parapeito ou na rede de proteção. O prédio é bem arborizado e passear com o Max vira uma coisa muito gostosa, apesar dos puxões que ele me dá. Esses dias estava uma tarde bem gostosa e fui passear com ele. Deitei numa mesa que tem lá no fundo, embaixo de uma árvore e fiquei lá, curtindo, olhando pra cima, vendo as folhas se mexerem. Maior brisa, né? Tudo bem, eu viajo e sei disso. O Max também aproveita, depois de correr que nem louco pegando os coquinhos que caem no chão, ele se esparrama na grama e fica lá, deitadão, tomando um bronze. Aqui no prédio tem as fases de tudo, no verão, quando chove muito, é a época do caracol. Tudo que é canto tem caracol, de todos os tamanhos, por causa da umidade. Também é a época das (argh!) baratas voadoras... me pelo de medo, elas voam pra todos os lados, que agonia! Agora é a época das lagartas, por todo canto você encontra uma, tem até no hall dos elevadores. Sempre que posso pego uma perdida com um galhinho e coloco no jardim, para ninguém matar. Muita gente não gosta e uma amiga minha disse que mata mesmo quando encontra uma lagarta no caminho. Acontece que a gente não pode esquecer que na primavera elas virarão borboletas lindas! Fora que lagartas não fazem nada, só desfilam e comem o tempo todo, tadinhas. Na primavera será a época das borboletas, elas ficam dançando pelo prédio todo, de várias cores, muito lindas. Meu apê é pequenino, mas quando a gente desce e passeia pelo condomínio tudo ganha graça, não tenho vontade de trocar isso por nada. Esses prédios novos são muito cinzas, concreto puro, poucas árvores (ou nenhuma mesmo) e jardins artificiais para as crianças brincarem. Assim não gosto!

Ouvindo: Tom Novy - Your Body

sábado, 3 de julho de 2010

Frases do dia

Dunga Burro + Chupa Maradona! E dá-lhe Europa na semi!

sexta-feira, 2 de julho de 2010

Brasil x Holanda

Eu adoro Copa do Mundo, sempre que dá assisto os jogos, mesmo os que o Brasil não joga. Na Copa de 2006 eu pude assistir quase todos os jogos e adorei. Nessa Copa está sendo a mesma coisa, os jogos que dá, eu assisto, mesmo que um pedacinho só na hora do almoço. Agora está rolando Brasil e Holanda e pela primeira vez nessa Copa estou agoniada, com dor de estômago, mal estar. Dizem que essa Copa está vendida, ora pra Alemanha, ora pra Argentina, mas eu ainda tenho fé. Estamos na torcida aqui em casa, ver se o Brasil vira esse 2 a 1. Os outros jogos assisti em casa com Otto e as meninas, esse estamos só eu, Otto, Wé e Gugu. Será que a falta das meninas está causando esse pé frio? Temos esperança aqui que o Brasil vai ganhar, o negócio é torcer. Vai, Brasil!

Frase do dia

Só pra reforçar: o que você deseja pra mim, eu desejo em dobro pra você!

Seja felizzzz!