quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Saudade da cozinha

Quem me conhece sabe que eu adoro cozinhar, especialmente doces. Apesar da correria e de eu mal comer em casa, eu acho terapêutico fazer bolos, cupcakes, docinhos, brigadeiros, chocolates... antes da minha volta com tudo para a Federal, eu fazia doces quase todos os dias. Ah, antes da missão jeans 38 também, claro!

Antes da missão, eu fazia chocolates quase todos os dias: ao leite, branco, com crispy... fazia cupcakes de cenoura com ganache, brigadeiros belgas, pavês, principalmente o de Bis, minha especialidade! Nessa eu comia, Arthur comia e um monte de gente no meu serviço também. Ir de fim de semana na Chocolândia comprar um ingrediente novo por puro hobby era rotina.

Com o projeto e a Federal, eu dei uma brecada nas minhas receitinhas, mas esses dias me bateu uma saudade de fazer! É uma terapia mesmo, adoro fazer, levar para os amigos do serviço, fazer pacotinhos para o marido levar para o serviço dele, para casa dos meus pais. Quando as amigas vem em casa e tem doce, faço questão de fazer o pacotinho para elas levarem para os pais, sobrinhos e família.

Cozinho com e por amor. Coloco amor em cada docinho que faço. Pesquiso receitas na internet, compro os ingredientes, testo as receitas. Tem receita que está tão manjada que nem meço mais nada para fazer. E tudo com amor, amor, amor! Aí preparo, levo para o trabalho, cada um come e dá um suspiro, alegra um pouquinho o dia corrido de cada um.

Dia desses foi aniversário de uma colega de serviço e a Beth, nossa cozinheira oficial, fez um bolo de chocolate com calda que fez todos suspirarem! Doce, mas leve, calda gostosa, cremosa, hummm! Falando nela, nossos almoços diários são feitos por ela, com muito capricho e amor. Sério, dá para sentir o amor na comida que ela faz, faço a maior propaganda, meu marido AMA tudo o que ela faz, sempre que dá tento trazer um pouco para ele. Até minha mãe ama o que a Beth faz, rs. E fora a atenção dela com cada um que almoça a comida dela. Quem não come peixe, ela faz omelete, eu adoro feijão puro e ela sempre me separa uma cumbuca de feijão antes de servir a panela e por aí vai.

A comida aproxima as pessoas e quem cozinha faz um gesto de amor, de preocupação e de carinho! Cresci com um cozinheiro porreta, meu pai! Comidas típicas do Nordeste fazem parte da minha vida desde antes de eu nascer. Acho que foi dele que herdei esse amor por cozinhar. Talvez da minha avó materna também, lembro com carinho das coisinhas gostosas que ela fazia para mim quando criança =)

Bom, no fim das contas eu quis dizer que não vejo a hora das minhas aulas terminarem para eu voltar a fazer meus docinhos que tanto gosto!

terça-feira, 26 de novembro de 2013

Missão: Jeans 38!

Semana 14 - 18 a 24 de novembro de 2013 

Nessa semana completei um mês de aulas de Pilates, como passou rápido!

Um mês de Pilates que voou, nem percebi. Um mês que já me fez ficar apaixonada, espero poder praticar por muito tempo! Estou curtindo muito essa mistura legal de respiração, postura e musculação que o Pilates oferece! Hoje mesmo fiz uma aula e foi tão bom! Mesmo eu estando meio doente, com uma crise de rinite ferrada, me sinto bem, até relaxo! 

Andei pensando bastante sobre meu projeto esses dias. Com ele, fiz novas amizades, resgatei antigas, troquei muitas ideias, aprendi muito. Estou muito satisfeita com a minha evolução, cheguei no jeans 38/40. Antes eu usava o 36/38. Não sei se consigo voltar para o corpo que eu tinha antes, mas cheguei à conclusão que não quero meu corpo de antes. Eu era magra palito, tinha um corpo bonito, com curvas, mas era muito magrinha. Estou muito satisfeita com minhas pernas e bumbum, curvas maiores e agora com Pilates e caminhada, bem desenhadas. Meu braço afinou e meu grande problema ainda é mesmo a barriga que não fica reta nem a pau, mas está bem menor do que era antes e isso já me anima bastante!! Ela nem me incomoda mais como incomodava, estou feliz mesmo, satisfeita por ter tido resultados tão animadores em 3 meses e meio!

Esse final de semana fui ao shopping e coloquei uma roupa que gosto bastante, tirei até uma foto que está no celular, mas com a minha falta de Facebook, estou com certa dificuldade em transferir minhas fotos... vou providenciar fotos urgentemente para cá, fazem toda a diferença! A melhor parte foi o shorts: comprei um 40 que não fechava, no começo do ano e nesse final de semana além de fechar, ficou meio larguinho! 

Em relação a alimentação, estou levando o mais sério possível. Estou aprendendo a comer melhor por saúde e consequentemente, por estética. Eu comendo bem acabou refletindo na minha casa, meu marido e meu filho estão comendo bem melhor, com mais qualidade. O mais difícil está sendo enfiar isso no cérebro do meu marido, rs, ele é teimoso demais e foi educado de uma maneira totalmente diferente em relação a alimentação... em outro país, por um pai nada chegado a dietas e comidas leves... não o culpo, mas dificulta bem mais porque ele tem vícios antigos. Por isso corro aqui para ensinar ao Arthur que comida é muito importante para a saúde dele, para ele não sofrer tentando se reeducar quando for mais velho ou pior, sofrer com doenças decorrentes da má alimentação. 

A parte difícil está sendo os shakes. Eles são bem gostosos (tirando o Breakfast da Diet Shake, afff, troço ruim!), o de Baunilha é meu favorito! É doce, gostosinho pra caramba. Mas é doce, tem dia não que não dá vontade de jantar shake... e nessa eu tomei shake uma vez só semana passada. Compensei comendo coisas leves, não gosto de nada forçado e se eu tivesse tomado o shake três noites, seria forçado e não acho legal.

Bom, vou parar por aqui porque estou escrevendo em casa e está super complicado, já levantei umas 10 vezes para ver o que Arthur quer. Uma hora era água, outra mamadeira, muitas para dançar uma música e por aí vai. O post deve estar cheio de erros e coisas sem nexo, mas é o que tem pra hoje, rs. Estou sem internet há mais de uma semana no serviço e isso está complicando minha vida para postar... ah, só antes de finalizar: combinei que só vou voltar a me pesar depois de fazer a bioimpedância, já que faz um mês que não perco e nem ganho peso. Pensei e achei o melhor, porque estava criando muitas expectativas e eu, como toda boa ansiosa, estava ficando meio tiltada, rs. 

Boa semana à todos!

domingo, 24 de novembro de 2013

Projeto Facebook Off - Semana 2

Mais uma semana completa sem Facebook e com mais prós e contras.

Estou com uma sensação super estranha de liberdade depois que fechei o FB. Sei lá, tenho a impressão de que estou "protegida", sabe? Parei para pensar e percebi que eu exponho muito mesmo e é uma exposição desnecessária... quando voltar vou ser mais discreta, como estava sendo no começo do ano...

Novamente tive desvantagens com a minha saída do Face: fui pra Federal de novo e não tive aula (aff, de metrô ainda por cima, que raivaaa!), estou participando de um amigo secreto em que as dicas e sugestões de presentes estão todas no Facebook e minhas amigas estão tendo a dor de cabeça de copiar as mensagens e me mandar via WhatsApp (muito amor por elas, rs). Também tenho que estudar para uma prova que tem o conteúdo no maledeto Facebook, estou no aguardo de algum colega de sala me enviar via email...

Também sinto muita falta das minhas amigas do grupo das mamães... temos um grupinho no Whats, mas não é a mesma coisa =(

Domingo o Val foi em casa e tive meu primeiro deslize Facebookeano: peguei o celular dele e me atualizei da vida de três amigas. Mas foi uma atualizada do bem: uma vai ter bebê (não nasceu ainda), outra teve bebê (mas não consegui ver nada porque o perfil é todo fechado) e outra está com o pai doente, em recuperação.

Várias pessoas que adoro tem Facebook e eu estou sem contato. Por exemplo, queria convidar uma amiga e o filhote dela para passear e estou sem o telefone dela, perdi. Ao mesmo tempo percebo que muitas pessoas estão me ligando, mandando SMS, tudo para não perder contato e achei isso muito bacana. O mesmo acontece do meu lado, estou ligando mais, mandando mensagens, Whats, estou até trocando mensagens via email, coisa que não fazia há muito tempo!

Ah, já ia me esquecendo de contar. Essa semana, para ajudar, fiquei sem WhatsApp por alguns dias também. Meu celular foi furtado no meu serviço, mas felizmente consegui recuperá-lo. O porém é que ele voltou sem chip... ainda estou sem celular, sem WhatsApp, bem incomunicável, está bem difícil de falar com as pessoas. A parte boa é que ando falando muito mais por telefone, é tão melhor, mas ocupa tão mais tempo! No serviço é quase impossível tagarelar no telefone, a gente fica tão mal visto! O primeiro dia sem Whats foi péssimo, mas como tudo na vida é questão de tempo, logo me acostumei. Mas que faz uma falta danada, isso faz!

A meta mínima do projeto foi alcançada, duas semanas. Achei que não ia aguentar, mas está sendo bem mais fácil do que imaginei. Adoro as broncas que a Lilian me dá, é um dos motivos que me fazem voltar a ter Facebook, rs. Até o fim do mês estou de volta, será que acostumo a ter Face de novo? É claaaro que sim =P

sexta-feira, 22 de novembro de 2013

2 e 5

Você já fala tanta coisa e é tão gostoso de escutar! Dedê, peta, mamãe, papai, vovó, vovô, Agu (tio Gu), cuco (suco), aua (água), xiá (passear), couo (colo), ganina, pinino (pintinho amarelinho) e muitas outras que me fazem rir muito!

Está esperto que só, monta quebra-cabeças, será um menino genial!

Também está birreeeento... mas rezo para ser uma fase =)

Lindo de viver, esse cabelo meio castanho, meio dourado é um charme, esses olhinhos de jabuticaba cada dia mais expressivos, esse corpinho de menino que cresce a cada dia que passa!

Amoroso, distribui beijos e abraços, só escolhe muito bem em quem dar =P

Ama, adora, idolatra a escola, espero que isso continue quando crescer.

Adora correr, brincar, pular, nadar! Está tão moleque!

Ama um teatro e um desenho, adora a Ganina, o Patati e o Mike (do Monstros S.A). Ah, e ama o Aaaaalviiiin!

Comemorando seu mesversário

Tão mocinho que já fica sozinho na brinquedoteca do Shopping!

Xis!

Nosso goleirão!

Morre de medo do Papai Noel, rs

Só para registrar, meu filhote, te amamos muito! Nossa vida tem muito mais sentido com você!

Hoje eu assisti: Sonhos Roubados

Depois de voltar de viagem, cansada pacas, resolvi assistir Sonhos Roubados.


O filme conta a história de três amigas do subúrbio do Rio de Janeiro, cada uma com seu drama familiar, todas sem conviver com as mães biológicas e que se prostituem para conseguir dinheiro para pequenos luxos e também para poderem se manter. 

É outro filme muito bom da Sandra Werneck, que conta a dura realidade e a vida da população de baixa renda do Rio de Janeiro, que moram em comunidades e que tem problemas como gravidez na adolescência, prostituição, drogas e cia. 
O filme contou com a estreia de MV Bill nos cinemas

A Nanda Costa participou desse filme e, na minha humilde opinião, ela atuou muito bem! Mal assisti a novela que ela fez e eu já não curto novela, mas lembro do pessoal metendo o pau na atuação dela na telinha... talvez ela não deva mais perder tempo fazendo novelinha boba e parta logo para o cinema, não?

O filme ganhou vários prêmios e foi baseado no livro "As Meninas da Esquina" (que vou caçar para comprar e ler). As atrizes do filme visitaram comunidades cariocas para se ambientarem ao filme, inclusive a atriz Amanda Diniz morou no Vidigal por 6 meses para entrar no espírito, uau! Aqui a atriz dá uma entrevista sobre como foi fazer esse filme.

O filme tem um espacinho na Wikipedia, é só clicar aqui para ver. E aqui para ver o trailer do filme. 

Para assistir o filme, são três caminhos: locadora, Netflix ou aqui (viva o YouTube, rs!). 



quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Sensíveis ao leite de vaca

Você já deve ter ouvido que leite de vaca não é recomendado para bebês com menos de 1 ano. Pois saiba que a orientação tem fundamento científico. O companheiro nosso de cada manhã não contém nutrientes em quantidades adequadas para o desenvolvimento dos pequenos nessa idade - o nível de ferro, por exemplo, é muito baixo e o de sódio, que contribui para a sobrecarga dos rins, é alto demais.

Esse não é o principal problema. Hoje, 5% das crianças brasileiras possuem algum tipo de alergia alimentar e o grande protagonista dos ataques alérgicos na garotada é ele mesmo: o leite de vaca. "No primeiro ano de vida, nosso sistema gastrintestinal ainda não está maduro", explica Ary Lopes Cardoso, chefe da unidade de nutrologia do Instituto da Criança do Hospital das Clínicas paulistano. Quando o leite de vaca entra no menu muito cedo, o organismo da criança absorve proteínas que podem ser encaradas como intrusas pelos anticorpos. Aí, os sintomas de que algo não vai bem surgem em diferentes cantos do corpo - principalmente na pele, nos pulmões e no intestino.

O bebê pode apresentar diarréia, constipação, vômitos, asma, rinite, chiado no peito, manchas avermelhadas, urticária e, em casos mais sérios, anafilaxia (uma reação sistêmica que vem acompanhada de falta de ar). Por que o leite? "Ora, ele é um dos primeiros alimentos a serem introduzidos na dieta da criança", justifica o pediatra e alergista Wilson Rocha Filho, coordenador do Núcleo Allos, um centro de referência no tratamento de alergia alimentar e anafilaxia de Belo Horizonte. Além disso, a bebida contém 25 proteínas com potencial para induzir reações do sistema imune.

Diagnosticar o problema é que costuma ser complicado. "Há muita confusão, já que os sintomas são parecidos com os de outras doenças, como a intolerância à lactose", afirma Wilson. "Por isso, uma análise da história clínica detalhada da criança é a melhor forma de diagnóstico", complementa. Quando os pais são alérgicos, o cuidado deve ser redobrado - o risco de desenvolver o mal chega a 80%. "Se houver a suspeita de alergia, o pediatra pode prescrever uma dieta de exclusão para tirar a dúvida", diz Roseli Sarni, presidente do departamento de nutrologia da Sociedade Brasileira de Pediatria. Ou seja, o leite e companhia ficam de fora da mesa por cerca de duas a oito semanas.

Os especialistas também adotam esse procedimento no exame que confirma se o pequeno rejeita a proteína do leite de vaca. Trata-se do teste de provocação, ou desencadeamento. Logo após o término da dieta de exclusão, a criança consome o alimento que poderia estar por trás da alergia e fica sob observação. Para o alívio da criançada - e dos pais -, essa é uma doença autolimitada. Em bom português, ela tem cura e não costuma ser persistente. Roseli Sarni dá uma boa notícia: "Em 85% dos casos, o problema é resolvido antes dos 3 anos de idade".

segunda-feira, 18 de novembro de 2013

Missão: Jeans 38!

Semana 13 - 11 a 17 de novembro de 2013

Semaninha curta na área, feriado à vista!!!

Como sempre a semana começou bem, com a minha aulinha sagrada de Pilates às 7 da manhã! É difícil acordar mais cedo para fazer exercícios, como sou super dorminhoca, sempre acordo e penso, hoje vou faltar ao Pilates, só hoje! Mas aí eu levanto, lavo o rosto e já fico animada, adoro demais essa aula! A professora não pegou tão pesado porque na aula de sábado eu quase morri, rs. Fiquei chateada porque não fiz outra aula essa semana, por conta do feriado... mas tudo bem, semana que vem eu compenso!

Como tudo na vida é aprendizado, estou aprendendo a comer melhor, as porções estão cada dia melhores, mais equilibradas e saudáveis. Arthur entrou na minha dança, está comendo cookies integrais, macarrão integral, sucos orgânicos e muitas outras coisas do bem. Quero que ele cresça com essa consciência de que comer bem é bom para ele mesmo, que ele deve amar seu corpo como um templo, que tudo o que comemos reflete em nossa vida, tanto para o bem quanto para o mal. E janeiro que nos aguarde, se Deus quiser começaremos a tão sonhada natação! Enquanto as aulas não chegam, estamos aproveitando essa onda louca (e maravilhosa!!!) de calor para ir à piscina e brincar bastante, ficamos os dois moídos!

Apesar de tudo, às vezes damos as nossas escorregadas e jacadas. Mesmo assim, as jacas estão cada dia menores. Comer bem todos os dias é ótimo e fundamental para emagrecer e manter a saúde. De vez em quando uma escorregada não tem problema, não ligo de comer o que quero de vez em quando ou o Arthur comer uma besteira, faz parte da infância, eu comi e ele vai comer também. Só não pode exagerar ;)

Ah, essa semana comecei oficialmente a trocar três jantares por shake. O que estou usando é o Diet Shake, por ser mais fácil de encontrar (pelo menos para mim) e por ser (beeeem) mais barato do que o da Herbalife. Comprei um sachê da Herbalife para experimentar, paguei 6 reais e uma caixa de 400 g de Diet Shake foi 15 reais, impressionada com a diferença! Praticamente não notei diferença entre os shakes, vou experimentar de novo o da Herbalife para confirmar minhas impressões. A casa está dominada por vários sabores, para não dar tempo de enjoar, rs. E por conta da quantidade de sódio alta, vou manter mesmo apenas 3 jantares semanais, bebendo água pra caramba para ajudar. 

O final da semana foi meio complicado porque viajamos. Fizemos um cruzeiro e foi bem gostoso, o primeiro do Arthur e do marido. Dos três que já fiz, esse foi o que mais achei falhas, mas mesmo assim foi muito bom, vou ver se faço um post sobre. A dureza de qualquer cruzeiro é a comida, o mais artificial possível. Nesse tinham muitas frutas, mas os sucos em geral eram industrializados, a comida tinha cara de mentira, em todas as refeições eram servidas pizzas, batata frita, hambúrguer... uma tristeza! No primeiro dia comemos pizza e batata frita. Do segundo pra frente as coisas melhoraram, comemos melhor, com a parada comemos lula ao vinagrete na praia, no navio jantamos sopa, salada, berinjela recheada com ricota (uma delícia!), frutas. Também levei biscoito de polvilho, sucos de caixa (menos artificiais possíveis), potinhos de papinha pro Arthur, que se deu bem e praticamente não comeu besteira ;)

Ah, mas teve uma parte muito boa para compensar: a academia do navio era simplesmente fantástica! Uma das academias mais bem equipadas que já vi, esteiras super modernas, até os colchonetes eram estilosos, rs. Aproveitei bem, experimentei vários aparelhos, pensava nas malditas batatas-fritas que comi no primeiro dia, rs. Tentei correr na esteira, mas quase saio voando com o balanço do navio, o negócio foi andar rápido mesmo.

A parte ruim: entrei na quarta semana sem mudança de peso na balança, que ódioooo! Depois de tantos exercícios, controlando a boca, comendo chia, amaranto, shake e não emagreci. Admito que isso está me incomodando... apesar de receber muitos elogios e perceber que meu corpo está ficando com formas bonitas (acredito que por "culpa" do Pilates), não perder um grama na balança está me deixando louca. 

A parte boa: estou pegando um amor louco por exercícios! Pilates duas vezes por semana, caminhada quase diária. Estou contando os dias para não ter mais aulas a noite e me matricular na natação ou dança! Quero ocupar 4 ou 5 dias da semana com atividades físicas, fora a caminhada! Estou amando me exercitar, ver meu condicionamento melhorar a cada dia que passa, no navio vi que meus batimentos cardíacos estão excelentes em ritmo de exercício, fiquei bem feliz com isso! E não paro de receber elogios, de como meu projeto está dando certo (mas bem que eu podia perder um kilin, né? =P).

Domingo chegamos cedo em casa, descansei bastante com meu Arthur lorito, meus pais vieram almoçar com a gente e foi bem gostoso. Comi carninha e uma coisa que não comia há muito tempo, pão de alho. Resultado: ressaca alimentar. Passei mal o resto do dia, com azia, dor de estômago, provavelmente crise de gastrite. Foi tão desanimador que mal comi o resto do dia e comecei a semana comendo super regradinha, de trauma mesmo. Mas o que acontecer essa semana fica pro post da semana que vem!


domingo, 17 de novembro de 2013

Projeto Facebook Off - Semana 1

Faz muito tempo que venho pensando em desativar minha conta do Facebook, por vários motivos: muito tempo perdido ou dedicado (depende do ponto de vista), pessoas chatas e/ou inconvenientes, ser facilmente localizada por pessoas indesejadas, ver muita (muitaaa) hipocrisia, entre outros.

Por conta dos pontos positivos, que também são muitos, eu enrolei muito mais tempo do que queria para realmente desativar meu perfil. Aí, uma bela noite eu fui dormir com a macaca e decidi desativar pelo celular, rápido e indolor. Nos dois primeiros dias, não vou mentir, senti pesado a falta do Facebook. Toda hora dava uma olhada rápida no celular e só aí percebia que não tinha mais o aplicativo instalado. Aí ficava tentada a ir para o computador e dar uma olhada, trabalhar o dia inteiro me ajudou a não voltar atrás.

Depois de uns dias, me acostumei a ficar sem meu perfil, sem grandes dores. As vantagens foram que otimizei o uso do meu tempo (estava muito viciada!), converso mais com as pessoas, seja pessoalmente ou por celular, não fico mais só no curtir.

A parte ruim pesou mais: perdi contato com muitas pessoas, que acabei me acostumando a ter contato apenas no virtual, não tenho nem o telefone. Um dia desses não tive aula na Federal e o aviso rolou pelo Facebook e eu? Fui pra aula, não sabia, né? Participo de um grupo no FB de mamães e falo apenas com as que tenho mais contato, as que falava só pelo Face não estou falando. Sinto falta dos grupos de reeducação alimentar também.

No balanço, percebo que as desvantagens superam as vantagens em número, mas em qualidade... é bom ficar sem o Facebook porque eu acabo me expondo muito. A meta do meu projeto é ficar no mínimo duas semanas sem meu perfil e no máximo, um mês. Minha primeira semana acabou e sobrevivi, rs. Vamos ver a segunda como será. Ah, e outra dúvida quando eu voltar: será que meu perfil será o mesmo ainda? Veremos!

sexta-feira, 15 de novembro de 2013

Medo de dentista - Parte II

A correria é tanta que acabei esquecendo de contar a minha peleja no dentista. Depois de meses ensaiando, peguei o telefone da dentista que meu irmão e mãe estão frequentando e marquei, com muito custo.

No dia marcado, fui lá para conhecer o consultório, a doutora e claro, ver em que estado estava minha boca. Fui morrendo de medo de já ter que fazer alguma coisa ou do diagnóstico ser muito ruim, de ter canal em vários dentes, de ter outros problemas que nem sabia que poderia ter, entre outras coisas. Para minha surpresa, eu não tinha nenhuma cárie (tirando a do siso)! Eu jurava que tinha, porque às vezes sinto uma sensibilidade muito grande nos dentes quando como doces ou gelados, mas a doutora disse que não tinha nenhuma. Meu dente do siso, infelizmente, é mesmo um caso perdido. Além de estar de lado, está com uma cárie tão grande que provavelmente se tornou um canal, o que torna inviável o tratamento. Confesso que será um alívio tirar esse dente. Além de ser muito difícil de limpar, mordo muito a bochecha por ele estar torto e ainda por cima os sisos entortaram todos os meus dentes, um saco!

No final, tive um diagnóstico que não esperava ter: periodontite. Meu pai tem essa doença há muitos anos e é uma luta difícil de ganhar, já que o caso dele é muito avançado e ele é pão-duro com dentistas, já viu... essa doença é grave, é uma gengivite mal tratada, que pode resultar em perda de dentes inteiros, olha que dó! Eu já vi meu pai perder dentes com raiz e tudo, me assustei muito mesmo quando vi que eu estava com a mesma coisa que ele, mesmo que em fase inicial...

Quando eu estava grávida do Arthur, tive muita dor no dente do siso. No final da gravidez eu fui ao dentista porque estava enlouquecendo de dor e descobri a gengivite. Por medo de dentista, nunca mais voltei, ou seja, dois anos sem ir ao dentista (QUE VERGONHA!). E a simples gengivite se tornou a tal periodontite, olha que prejuízo!

Apesar do diagnóstico, fiquei muito tranquila com a doutora, ela foi muito calma, explicou tudo que ia fazer, o que achava que eu tinha que tratar, me passou muita experiência. Fiquei tão segura com ela que nem estou com tanto medo da próxima consulta, que será semana que vem. Estou com um pouco de medo da anestesia que provavelmente terei que tomar, mas animada em poder tratar meus dentes. Adoro meus dentes e meu sorriso, mas ao mesmo tanto fui tão relaxada com eles! Preciso correr atrás do prejuízo para não correr o risco de perder nenhum dente por pura falta de cuidado, que absurdo =(...

Agora o negócio é correr atrás e tratar dente por dente. Inicialmente farei três sessões para tratar a periodontite e depois de ter a gengiva curada, vou encarar a extração do dente do siso. E aí eu vou ficar com medo de verdade, rs! Apesar de eu sonhar em tirar esse dente que tanto me incomoda há anos... é esse pensamento que me fortalece!

Ah, esqueci de contar que vou a falência com esse tratamento todo, mas juro, estou pagando feliz. Não posso nem sonhar em perder meus dentes à toa, eu, hein?

Outro detalhe: a doutora pediu radiografias da minha boca, me explicou que o ideal é tirar uma radiografia panorâmica anualmente (assim como eu faço exame de vista todo mês de dezembro e desde o ano passado também faço exame de audiometria, saúde em primeiro lugar!). Também disse que vai precisar das radiografias para ver como está a raiz do meu siso, para ver como vai arrancá-lo.

O engraçado foi o dia de tirar a radiografia! Fui, um baita toró, peguei ônibus para economizar o estacionamento e me ferrei. Deixei meu lindo e novo guarda-chuva de zebrinha no suporte para secar guarda-chuvas na porta do laboratório. Fiz os exames e quando a tonta aqui sai para ir embora o que encontra? Trocentos guarda-chuvas, menos o meu de zebrinha =/... um fio duma égua roubou meu guarda-chuva novinho e pior, num dia de chuva!!! Cheguei no serviço linda, pingando, descabelada... porque não encontrei nenhum vendedor de guarda-chuva de Deus no caminho para me salvar, rsrsrs, só me lasco!

Até semana que vem, se eu sobreviver à primeira sessão na dentista, aiiiii! E bom feriado à todos!

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Missão: Jeans 38!

Semana 12 - 04 a 10 de novembro de 2013

Semana nova, correria de sempre!

Depois de um fim de semana maravilhoso, rodeado de amigos queridos e bebês terrivelmente lindos, rs, mais uma semana cheia de energia chegou! O fim de semana foi lindo e cheio de calorias, bolo de chocolate que meu amado marido fez (duvidei que daria certo, mas me ferrei, ficou uma delícia! Tudo bem que eu fiz a cobertura, né? =P), refrigerante, churrasco, pizza, doces... então tive que compensar com mais disciplina e exercícios.

Bolo de chocolate do maridex

A semana começou com uma aula de Pilates caprichada, quase morri! A parte de alongamento está cada dia melhor, estou alongando com muito mais facilidade, agora a parte de postura, respiração e pior, musculação... Pai Amado! Tenho muuuuito o que melhorar! Está sendo ótimo aprender a respirar melhor, a arrumar a postura, já estou ficando até meio corcunda de tanto peso no peito e preguiça de ajeitar a coluna. Também estou amando a parte em que os músculos são postos à prova, tem hora que acho que não vou aguentar, mas acaba dando certo. E aí vejo como sou fracota, não vejo a hora de ficar mais forte e definida!

Procurei me alimentar bem, mas admito que está sendo muito difícil mesmo seguir a dieta da nutri... eu tenho MUITA fome! Nem como tanta besteira, mas a quantidade que a nutri me passou não parece suficiente pra mim... Segunda segui direitinho a dieta dela, com alguns parênteses que espero não fazer tanta diferença. Na hora da fome, comia frutas. Se a fome estava muito grande, alguns cookies integrais da Kobber (estou APAIXONADA por eles, como são gostosos! E tem 117 calorias por 4 unidades, um lanchinho amigo!).

Cookies da Kobber, maravilhosos!

Também entrei com várias coisas para ajudar na perda de peso, já que dei uma empacada na balança: pão de forma light, granola light, leite semidesnatado, cookies integrais e alguns ajudantes, como a chia e o amaranto. O melhor é que muitas coisas já conseguimos encontrar em grandes redes de supermercado e também em casas de produtos naturais, que antes eram restritas à Zona Cerealista e hoje encontramos em vários locais de fácil acesso, como shoppings e farmácias. Tem uma loja do lado de casa, adoro passar lá para fazer minhas comprinhas naturebinhas, rs.

Amaranto

Chia
Sigo firme com as cápsulas de Garcinia Cambogia, não sei se é psicológico, se é pena de botar a perder todo meu esforço nas atividades físicas, mas comecei a sentir diferença no apetite por doces. Tanto que esse fim de semana não tomei Garcinia nenhum dia e domingo estava louca para comer doce!

Sobre meu peso, estou louca para marcar a bioimpedância... dezembro vem aí e com ele, minhas férias. Vou passar nos médicos e aproveitar para marcar esse exame. Pela terceira semana seguida não tive mudança de peso =(... melhor do que engordar, ok, mas esta estacionada não está me agradando, sério! Esse fim de semana recebi tantos elogios de pessoas diferentes, de que estou mais magra e eu percebo isso nas roupas, tanto que estou usando algumas peças 38 e muitas blusas que usava antes da gravidez! Mas a balança ainda tem um impacto muito grande para mim. Tomara que a bioimpedância me traga boas notícias!

Bom, que venha mais uma semana!!

 

segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Hoje eu assisti: Frida

Como estou de namoro com a Netflix! Por causa dela ando vendo e revendo vários filmes, muito amor =)


Dia desses assistimos Frida. Tudo bem que foi em várias parcelas (pausa 1: trocar fralda, pausa 2: fazer mamadeira e por aí foi, rsrsrs, mas deu certo e conseguimos terminar). Eu já assisti várias vezes, adoro o filme, a história da Frida Kahlo, o elenco...

Frida Kahlo
O filme conta a biografia da artista mexicana Frida Kahlo, desde a adolescência até sua morte. Ela cresceu em uma família moderna para a época, gostava muito de pintar quadros e trabalhar com arte e acabou se apaixonando pelo pintor Diego Rivera (interpretado pelo ator Alfred Molina). Os dois vivem uma história de amor muito forte, com muita paixão, sensualidade, brigas e traições, tudo muito intenso. Frida é interpretada pela Salma Hayek. Adoro filmes com a Salma, ela é tão linda e talentosa! O papel caiu como uma luva para ela, em minha opinião.

Salma Hayek, linda!

A arte de Frida Kahlo era muito intensa, às vezes pesada. Gostava muito de se auto retratar e transmitir para seus quadros suas dores e tristezas. Segue algumas obras dela.




Uma curiosidade do filme: Jennifer Lopez e Madonna (???) foram cotadas para fazer o papel de Frida. Além disso, o filme ganhou muitos prêmios, como o Oscar e o Globo de Ouro!

Se interessar, assista o trailer aqui. A qualidade não é das melhores, mas é o único com legendas...

Ah, também encontrei o site oficial da Frida Kahlo, vale a visita! Apenas em inglês e espanhol.



domingo, 10 de novembro de 2013

Dia de cinema: Gravidade

Esse post tá mega atrasado! Mas vamos lá, nunca é tarde, né?

No dia da estreia de Gravidade, estava lá no shopping eu e minha mãe. Decidi comprar o ingresso para mais tarde, já que a vovó se dispôs a ficar com meu pequeno Bin Laden para eu passear, rs. Bem tarde da noite fomos para a última sessão do dia, na tal sala XD.


Olha, eu ouvi falar muito mal desse filme, que a (maravilhosaaa!) Sandra Bullock ficava boa parte do filme sozinha, que era praticamente um monólogo, que era chato e tal. Eu particularmente ADOREI o filme, o George Clooney faz parte do elenco e pra variar, atuou muito bem (além dele ser lindo, vamos combinar). O entrosamento entre os dois foi ótimo, adorei a atuação dos dois, a fotografia do filme é linda, afinal a Terra vista do espaço é sempre deslumbrante, né? É emocionante e apesar de realmente boa parte do filme a Sandra passar sozinha, fiquei bem ligada, conseguiram prender minha atenção. Meu marido não curtiu tanto como eu e eu até entendo, sou muito fã da Sandra e do George, só isso já valeu 50% do filme! Ainda mais que eu soube que eles são super amigos na vida real, achei mais "oin" ainda, rs.

Dupla de queridos!
A seguir, algumas imagens do filme, pena que não encontrei a cena da aurora boreal, lindíssima!


Bom, finalizo por aqui. Apesar do post estar super hiper atrasado, Gravidade ainda está nos cinemas. Vale a pena assistir, a combinação elenco + fotografia foi o ponto alto desse filme! Para saber mais sobre, clique aqui e para assistir os trailers, aqui (versão extendida, vale bem a pena!) e aqui (versão curtinha).

sexta-feira, 8 de novembro de 2013

Hoje eu assisti: Meninas

Noite passada estava com uma insônia brava e resolvi assistir um dos filmes salvos na minha lista da Netflix. Escolhi Meninas, por ser curto, envolver um tema que adoro (gravidez) e por ser polêmico.


Fiquei surpresa com a qualidade do documentário. Já esperava que seria bom, mas assisti que nem vi o tempo passar! Gostei bastante, é emocionante, arrepia mesmo. A diretora do filme, Sandra Werneck, também fez Cazuza (eu nem sabia!) e Sonhos Roubados.

O filme conta a história de quatro meninas do Rio de Janeiro que engravidam na adolescência. Cada uma tem seus sonhos, problemas, famílias e vidas. Todas sonham em melhorar suas situações, acham que encontraram os amores de suas vidas e que será fácil criar um bebê... mas logo percebem que a realidade não é bem assim.





Todas moram com a família, tem apoio dos pais e durante o filme é possível ver as diversas fases de uma gravidez na adolescência, os momentos de alegria, de emoção, as brigas e conflitos.

Para quem se interessar, segue o trailer e também o filme completo, ambos disponíveis no YouTube. Quem tiver Netflix em casa também pode assistir ;)

terça-feira, 5 de novembro de 2013

Missão: Jeans 38!

Semana 11 - 29 de outubro a 03 de novembro de 2013

A semana não poderia começar melhor: com um feriado! Dia do funcionário público, um dos feriados mais queridos porque é feriado, mas nem todos estão de folga, então os lugares não estão lotados, dá pra passear e ainda resolver pepinos, muito bom!

Segunda começou super agitada, fui ao Pilates cedinho e quase MORRI! A aula foi muito, mas muito mais pesada do que na outra semana. Estou adorando, cada dia com mais capacidade de me alongar, descobrindo que sou fraca pra caramba e não aguento peso nenhum e vendo que alguns exercícios "bobos" deixam a gente moída no outro dia! Fiz um exercício com a bola de Pilates que me deixou com dor nos músculos da barriga por uns 2 dias!

Depois aproveitei para fazer um exame de sangue e quase desmaiar de tanta dor, a moça não tinha mão boa e já viu, quase caio dura. Mesmo assim, resolvi que pelo menos uma caminhada ainda iria fazer, aproveitando a folga.

Fui pra Moema fazer depilação a laser (tô super viciada por sinal, rs) e resolvi que iria até o Ibirapuera fazer a tal caminhada. Eu até faço esteira, mas gosto de caminhada de objetivo, porque dá menos vontade de desistir. Fui até o Ibira e andar com aquelas árvores, o lago, a vista é outra coisa! Dá o maior ânimo! Nessa foram-se 2,7 Km que nem percebi! Depois decidir alugar uma bike, que não andava há anos, e andei por uma hora pelo parque, foi muito bom! Resolvi que pelo menos uma vez a cada 15 dias vou ao Ibirapuera andar de bike, nem que eu tenha que acordar ultra cedo para ir no domingo enquanto Arthur dorme!


Caminhada no Ibirapuera, tudo de bom!

Pausa no passeio da bike para uma foto e um suco de laranja
De terça a quinta fiz a caminhada de sempre até o trabalho, agora estou tirando de letra, adorando andar!

O grande porém da minha meta em emagrecer está sendo a comida, como sempre. Eu tenho muita fome, sou muito ansiosa e desconto muito na comida. Muitas vezes nem estou com tanta fome, mas acabo comendo, senão não sossego. Pelo menos os doces diminuíram muito, estou conseguindo controlar cada vez mais. Acredito que a Garcinia Cambogia tenha algo a ver com isso, porque sou louca por doces! Outra coisa que estou fazendo para ajudar nos doces é comer banana, ajuda muito mesmo! Confunde o corpo e mata a vontade de comer doce, dia desses na escola a merenda foi banana e eu perdi as contas de quantas comi =/... esse é meu problema, sou muito desesperada e sem controle... tenho que trabalhar isso de alguma forma, vou começar a tomar um chá de cavalinha, que dizem ser ótimo para ansiedade, vamos ver.


Na questão balança: mantive o peso da semana passada. Agora fiquei em dúvida, será porque estou fazendo Pilates, que desenvolve a parte muscular ou será a dieta mesmo? Estou me sentindo super bem, o que me incomoda mesmo é a barriga...

Para fechar a semana com energias boas, um fim de semana lindo rodeada de amigas queridas e bebês que eu amo muito! Comi besteira sim, não vou mentir, mas não como comeria antes. Teve pizza, refri, bolo... Mas nadei muito, brinquei muito, valeu muito a pena!

Turminha mais que do bem!
Agora é continuar com os exercícios e focar na dieta!

sexta-feira, 1 de novembro de 2013

Qual nação mais invadiu outros países na história?

Foi a Inglaterra. Uma pesquisa de 2012 analisou a história de mais de 200 países e concluiu que, dos 193 países reconhecidos hoje pelas Nações Unidas, 171 (88,6%) foram invadidos pelos britânicos em algum momento de sua história. Vale ressaltar que nem todos os países invadidos chegaram a fazer parte do império britânico. Os dados incluem até invasões feitas por exploradores privados e piratas, desde que as aventuras tivessem consentimento do governo. O Brasil está na lista: em 1591, sob o comando do corsário inglês Thomas Cavendish, os britânicos invadiram, saquearam e ocuparam, por quase três meses, as cidades de Santos e São Vicente.

Os intocados: apenas 22 países nunca foram alvo da rainha:
- Andorra
- Bielorrússia
- Bolívia
- Burundi
- Chade
- Congo
- Costa do Marfim
- Guatemala
- Ilhas Marshall
- Liechtenstein
- Luxemburgo
- Mali
- Mônaco
- Mongólia
- Paraguai
- Quirguistão
- República Centro-Africana
- São Tomé e Príncipe
- Suécia
- Tajiquistão
- Uzbequistão
- Vaticano

Fonte: Revista Mundo Estranho, julho/2013