quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

Tira-dúvidas sobre gravidez

Por que os médicos indicam uma injeção de cortisona nos casos em que há evidências de que o parto seja prematuro? Existe alguma contra-indicação para a mãe?

A indicação de corticoide acontece entre a 28º e 34º semana de gestação, aproximadamente, e quando existe forte evidência de nascimento nesse período. A utilização dessa substância está associada à aceleração da maturidade pulmonar, à redução de riscos de descolamento de retina no prematuro e à hemorragia intra-craniana e intestinal, que são complicações graves e, muitas vezes, fatais.


Estou com as veias das pernas bem salientes e completei 8 meses de gestação. Isso é normal? Ficarei com varizes?

As varizes (dilatação e insuficiência da veia) acometem cerca de 10% das gestantes que possuem predisposição a essa patologia, com piora do quadro com a evolução da gestação. Esse problema deve ser identificado precocemente pelo médico que acompanha seu pré-natal, que indicará medidas profiláticas para evitar o agravamento. Se tratada adequadamente, pode ocorrer melhora importante no período do pós-parto.


Meu bebê nasceu há dois meses e meu corte de cesárea ainda está dolorido e vermelho. Será que terei quelóide? O que posso fazer para ajudar na cicatrização?

A cicatriz hipertrófica (grossa) é a resposta cicatricial exarcebada pelo organismo. Todo o processo cicatricial pode demorar por volta de seis meses, mas é importante a orientação do médico que fez o pré-natal, já que ele, se achar necessário, prescreverá medicamento que podem melhorar o aspecto da cicatriz, como placa de silicone, aplicação de gel de silicone ou corticoides tópicos.

Fonte: Revista Maternidade, edição 11/2011

domingo, 25 de janeiro de 2015

Gatos brancos e surdez

Em novembro, quando a Anna apareceu nas nossas vidas, não dei a menor importância por ela ser branca, pelo contrário, achei tão linda aquela gatinha branca (tão branca que dá pra ver a pele rosinha dela por baixo). Anna não tem o rabo, só o toquinho, é um barato! Parece um rabo de pug, sabe?

Ela chegou em casa numa manhã de sábado, a protetora que a resgatou, a Adriana (um doce de pessoa!) a levou para nós já castrada, aquele toco de gata linda, assustadinha, miudinha, filhota de tudo. Ela tem olhos lindos, um azul profundo e outro verde meio acinzentado, é lindo demais!

Anna no dia em que chegou

No dia em que ela chegou, meu amigo João logo me perguntou se eu não tinha receio dela ser surda, por ser branca. Nem me liguei nesse detalhe, porque desde criança que escuto falar nisso. Fizemos alguns "testes" e aparentemente ela escuta. Dia depois a levei ao veterinário e a Dra. disse que gatos brancos realmente tem altos índices de surdez, principalmente quando tem olhos azuis. 

Cara de sono

Às vezes faço testes e a branquela não parece ser surda mesmo, mas vou continuar testando. Achei que gatos eram só olhos, mas que nada, depois do Stevie vi que gatos tem uma audição tremenda, assim como olfato bom. Fico meio em dúvida às vezes porque ela não demonstra muito medo do aspirador (Stevie demorou muito para perder o medo) e ela mia muito (mas sempre mia quando está brincando de caçar alguma coisa). 

Peguei umas dicas no site Gatinho Branco, quem tem gatos brancos vale a pena ler! Pelo site vi que gatos com dois olhos azuis tem mais chances de surdez, um olho azul apenas diminui um pouco e os dois olhos de outras cores diminui mais ainda. Com a Anna tem um de cada cor, as chances dela são de até 40%, altas, mas nem tanto. Espero que ela não seja, mas se for será amada do mesmo jeito e também será bem levada, ela não para um minuto! Só podia ser gata do Arthur, rs!


quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Pérolas do Arthur

Vivo querendo registrar, antes que eu esqueça e com a correria vou deixando, deixando e... acabo esquecendo! Ele está numa fase tão gostosa, tão falante, a gente se diverte com as pérolas!

Dia desses meu pai foi em casa e simplesmente sentou e trocou o canal da TV. Arthur estava vendo Jessie na NetFlix e meu pai pôs no jornal. Arthur ficou lá, deitado, esperando, pensando. Virou para o avô e disse: "bobô, buchê tá cansado, vai pa casa dumi, vai?". Caímos na risada! E não foi só. Ele levantou com o controle remoto na mão e disse para mim "mamãe, bota na Jessie, bobô vai pa casa dumi!". Foi a melhor, falamos disso quase todo dia, rs!

Outro dia meu pai estava em casa assistindo TV e acabou cochilando sentado. Arthur estava no chão brincando e eu estava conversando com minha mãe. Quando Arthur reparou no avô, ficou sentado olhando, olhando, com uma interrogação na testa. Virou para mim e minha mãe e disse "bobô tá doente?". Meu pai até acordou pra rir =P

Arthur está aprendendo muitas palavras novas a cada dia que passa. Dia desses queria me dar um beijo na "coxa". Fiquei pensando, meu Deus, beijo na coxa? Aí perguntei pra ele onde era a coxa e ele apontou para a bochechinha dele. Apontei para o cabelo dele e ele disse "cabelo", para o olho e ele foi falando tudo certinho. Quando chegou na bochecha ele nem pensou, disse "coxa". É tão fofo quando pedimos um beijo na coxa e ele vem melar nossas bochechas... pena que daqui a pouco essa inocência vai embora...

Outra coisa, ele anda apaixonado pela lua! A noite ele sempre olha pro céu e fala "mamãe, olha a lua!". Adora as "estêlas", mas a lua é sua preferida. Ele admira mesmo, vai ser um romântico esse menino!

Está apaixonado por animais, herdou de mim essa quase loucura por bichos. No ano novo ficamos na casa dos primos que tem vários bichinhos, ele curtiu muito os cachorros e voltou determinado a ter uma "tataluga". Lá na casa do primo Miguel Arthur tem um casal de jabutis, se eles derem bebezinhos quem sabe a gente não adote um? Esses dias mesmo ele estava falando da "tataluga".

Sobre bichos também: no começo de janeiro fomos até a Gávea buscar comida no Braseiro (melhor comida brasileira que já comi, por sinal). Enquanto o pai comprava comida, ficamos eu, Arthur e minha mãe esperando, andando pela rua. De repente apareceu uma gata preta com olhos amarelos, lembrava muito a nossa Peppa. Arthur ficou maluco, queria pegar a gata de qualquer jeito! Mansinha de tudo, até no colo veio, mas Arthur cismou que a gata era a Peppa... não queria tirar o pé dali, falava indignado "mamãe, pega a Peppa! Tem que levá pa casa!". Explicamos que ela era igual, mas não era a Peppa, que a Peppa estava em casa dormindo com o Stevie, mas nada o convencia. Depois de muito esforço eu acho que ele entendeu, fiquei até com um pouco de pena da gatinha... e minha mãe disse "Ai, meu Deus, esse menino vai ser igual a você com bicho, trazer tudo que acha na rua pra casa. Será um Guaciaro!". Vamos aguardar, rs.

Ah, e nossa gatinha branca, a Princesa Anna, ele chama de Buguela (Branquela), rs.

E ele inventou que a irmã trará uma "tataluga" de presente pra ele quando nascer... céus, segurem esse bicheirinho!

Já sinto saudade, com está passando rápido! Me derreto! Ainda bem que a Rafaela vai passar por tudo isso ainda, depois virão os sobrinhos e essa saudade sempre será amenizada.

Arthur = S2

domingo, 18 de janeiro de 2015

Operação Big Hero

Arthur está crescendo e começando a virar fã de cinema, para nossa alegria! Há umas semanas estávamos passeando no shopping e ele pediu para ver Paddington. Quando ele viu o cartaz com o "bobô", ficou maluco! Queria ver de qualquer jeito, mas só tinha em 3D e preferimos não arriscar, duvido que ele fique quieto com os óculos. Passado uns dias, fomos ao Mooca e assistimos e ele AMOU. Ficou quieto o filme todinho, gostou tanto que me fez voltar no cinema de novo para assistir uns dias depois.




O desenho conta a história dos irmãos Hiro e Tadashi, que vivem da cidade de San Fransokyo, nos Estados Unidos. Os dois são super inteligentes, ligados em robótica e tecnologia. Hiro é super ligado em lutas clandestinas de robôs, enquanto Tadashi estuda e trabalha em um laboratório, onde criou um robô inflável especializado em medicina, o Baymax. No decorrer do filme acontece uma reviravolta na vida dos meninos e Hiro se une a seus amigos e a Baymax para desvendar um mistério que envolve diretamente sua vida e família.

Gente, o desenho é fofo, engraçado, eu adorei. Já assisti muitas vezes, Arthur viciou e ama o "bobô"! Valeu a pena o ingresso, o tempo, tudo, recomendo muito! E eu, grávida, ri e choreeeei, rs. Mais que recomendado! Assista o trailer aqui e divirta-se com essa prévia!

quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

Esperando Rafaela ♥

São Paulo, 14 de janeiro de 2015

Estamos com 35 semanas e 6 dias!

Oi, minha filha querida, estou tão ansiosa pela sua chegada! Os preparativos estão a mil, sua vovó já lavou suas roupinhas da maternidade, estamos organizando a casa para você chegar com tudo arrumadinho e em ordem, estamos nos preparativos finais. Ontem foi dia de consulta com a enfermeira Karina, foi a primeira vez que a vi e gostei muito dela! Conversamos por mais de uma hora e foi muito bom tirar dúvidas e combinar algumas coisas para sua chegada, estou animada porque ela vai em casa nos ver quando chegar a hora de você nascer, vai cuidar da gente para irmos para o hospital só na hora certa, estou confiante e animada que viveremos uma linda chegada! Marcamos outra consulta para daqui umas duas semanas, vai ser nossa última consulta provavelmente!

Amanhã entramos nas 36 semanas, 9 meses, ou seja, você pode nascer a qualquer momento! Está um calor de matar e mesmo amando de paixão o calor, está difícil. Fico bem cansada, ainda estou trabalhando... não vejo a hora de ficar em casa só esperando, esperando e descansando. Todo dia quase eu mexo em alguma coisa no seu armário, as roupinhas estão penduradas em cabides, um vestidinho mais lindo que o outro, sapatinhos... tudo muito pequeno e lindo. Esses dias seu irmão achou um pacote de fralda P da Galinha Pintadinha e queria colocar de qualquer jeito, rimos muito! A fralda era tão pequena que provavelmente não cobriria uma banda de bumbum dele, rs!

Esse mês de janeiro passou voando, estamos praticamente na metade e eu nem percebi. Trabalhei esse começo de ano todo, preparei muitas coisas em casa para sua chegada, arrumei suas roupinhas, banheira, bercinho, bebê conforto, tá tudo em ordem para você chegar. Só não arrumei, pra variar, minha mala de maternidade. Quando seu irmão nasceu a malinha dele estava impecável, já a minha... foi seu pai e sua avó me levar roupas, uma mais sem pé nem cabeça do que a outra, rs.

Esse fim de semana fizemos nossa última sessão de fotos, no Jardim Botânico. Valeu a pena derreter, as fotos ficaram lindas! Estava um sol, mas um sol! O céu estava lindo, azul, nuvens de algodão... seu irmão não quis ir, estava com sono (morre de preguiça de manhã), então fui com o papai e parece que o resultado vai ser lindo!

Olha a gente no Jardim Botânico!


Esse ano tivemos um ano novo diferente, não passamos na casa da sua avó Dores e sim em Mangaratiba. Foi legal e gostoso, estava bastante calor, consegui ir bastante na piscina com seu irmão e primos e ainda me serviu o biquini (pensa na felicidade, rsrs!). Fomos muito paparicadas, estão todos muito ansiosos pela sua chegada. Vovó Dores te deu duas Melissas de presente, uma mais linda que a outra. Uma das Melissas combina com uma que tenho, vamos poder usar Melissas juntas (um sonho realizado, tô babando!). A viagem foi ótima e foi nossa última com você na barriga, porque a volta foi bem cansativa. Mesmo voltando antes, pegamos trânsito, foi meio loucura, mas valeu a pena!

Antes do ano acabar, quase no Natal, tivemos nossa primeira consulta com a Dra. Camila, nossa nova médica. Ela foi muito legal e gentil, gostei dela de cara. Foi muito bem indicada pelas meninas do GAMA, conversamos um montão, combinamos o hospital que você vai nascer e conheci como ela trabalha, como é a equipe dela, gostei muito! Fiquei feliz também por descobrir que só engordei 7 kg, ou seja, (acho que) vai ser mais fácil emagrecer quando você nascer! Estou me sentindo muito bem fisicamente, tirando o calor. Seu avô paparica muuuito a gente, com sucos e frutas, que fazem super bem e me ajudam a ficar em forma. Confesso que como muita besteira, tô viciada em sorvete! Mas como tenho muita azia, acabo comendo menos, tanto que estou tomando vitaminas para dar uma ajudada.

Bom, o tempo passou muito rápido até agora e a partir de hoje, falta 29 dias para você chegar. Vamos fazer um bolão para ver se acertamos a data? Seu irmão adiantou uns 20 dias, será que você adianta também? Estou curiosa, ansiosa e bem feliz! Não vejo a hora de chegar a nossa hora =)

Te amo muito, filhinha!

Ah, você deve uma "tataluga" pro seu irmão, rs.

quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

As Aventuras de Paddington

No fim do ano tive que passar rapidinho no Shopping Tatuapé e Arthur viu o cartaz desse filme. Na hora ele me pediu para assistir, mas eu tinha que trabalhar e nem sabia se tinha horários. Dias depois fomos almoçar em outro shopping e de novo ele viu o cartaz do filme. Por coincidência tinha um horário próximo e resolvemos assistir.




O filme conta a história de Paddington, um ursinho que vive na selva peruana. Seus tios foram descobertos muitos anos antes por um explorador inglês, que os batizou e deu alguns itens de uso humano para eles (incluindo o chapéu vermelho que o ursinho uso o tempo todo). O explorador foi embora e os ursos seguiram suas vidas na selva, até que acontece um terremoto que destruiu tudo e Paddington resolve ir para Londres, encontrar o tal explorador. Chegando em Londres, Paddington (que fala e interage com humanos numa boa), encontra abrigo na casa da família Brown e se mete em várias confusões, porque não conhece quase nada dos hábitos humanos. Uma surpresa foi ter Nicole Kidman como vilã, ela estava lindíssima pra variar! O diretor é o mesmo de Harry Potter, o que faz sentido, já que animais e humanos convivendo numa boa acontece muito nos filmes do HP.

O filme é bem infantil e fantasioso, mas as crianças da sessão estavam quietinhas e meu filho gostou bastante!

Se quiser assistir o trailer é só clicar aqui.

quinta-feira, 1 de janeiro de 2015

2015 chegou... e nós voltamos!

Demorou, mas resolvi voltar! Faz um bom tempo que não apareço por aqui e juro que não foi por mal... a vontade de escrever sempre existiu, mas a falta de tempo, a correria, um pouco de preguiça, tudo somado colaborou para esse meu sumiço.

Muita coisa aconteceu desde a última vez que escrevi (uns seis meses atrás?), a maioria coisas boas! Passeamos bastante, fiquei grávida da Rafaela, adotamos mais uma gatinha (a Princesa Anna, coisa fofa!), quase finalizei a Federal (que segue uma incógnita para mim, finalizei todas as matérias e estágio, falta só o TCC, mas dependo de uma autorização para seguir o curso, pois na teoria eu jubilei...), muita coisa para pouca pessoa, por isso o sumiço!

2014 passou muito rápido, a gravidez está voando, já estou com 34 semanas! Se nossa princesa chegar às 40 semanas, falta apenas seis para ela chegar, ou seja, pouquíssimo tempo! Está sendo uma gravidez gostosa, mas mais cansativa. Fiquei grávida bem rápido e decidi não saber o sexo do bebê até o parto. Depois vou postar o diário que escrevi durante a gravidez dela e explico tudo, mas no fim das contas acabei cedendo à curiosidade e descobrimos que teremos uma menina, foi alegria geral! Só eu torcia por um menino, rs! Cuidar de outro filho pequeno com esse barrigão não é nada fácil e mesmo contando com a ajuda do meu marido, minha mãe, ainda fico bem sobrecarregada. Trabalhar todo dia o dia todo é super puxado, dói as costas, tenho muita azia e enjoei quase a gravidez toda. Existem vantagens para todo esse mal estar, claro! Engordei bem menos do que na gravidez do Arthur (foram 24 kg!), mas passo mal quase o dia todo. A Federal eu cursei o quanto aguentei, entreguei um trabalho complicadíssimo e terminei o relatório de estágio, mas não tive tempo, estômago e nem pique para fazer o TCC. Se tivesse encarado, estaria formada agora, mas uma coisa de cada vez, né?

Relendo um post com o balanço do primeiro semestre do ano passado eu vi que muitas coisas não mudaram, como os amigos que somem. Teve amigos que vi duas vezes agora no segundo semestre, amigos próximos pra caramba e que puft, sumiram. Sei que estou numa fase diferente de muitas amigas minhas, já casei, já tive filho e isso me afastou de amigas sem filhos e me aproximou muito de amigas mães, mas é impossível negar, dá um desânimo fazer esforço para manter amizades assim... Eu estou muito ligada a meu marido e filho, minha casa virou meu santuário e olha que nunca gostei de ficar em casa! Sair eu saio pouco, o que gosto mesmo é de viajar!

E falando em viagens, 2014 foi especial para nós! Aos quase 30 anos conheci a Disney e me encantei, queria voltar todo ano! Arthur se encantou, aproveitou e se divertiu muito! Viajamos para Atibaia, tão pertinho e eu não conhecia, adoramos! Fomos ao Rio menos vezes esse ano e uma vez para Mangaratiba, adoro a energia e as pessoas de lá! Fui com Arthur e minha mãe para o Espírito Santo, estado gostoso demais e que espero voltar logo. Esse ano quero viajar muito mais, passear muito, mostrar lugares novos para meus filhos, já temos várias ideias de destinos na cabeça, espero que dê tudo certo!

Em 2014 ganhei uma afilhada linda e esperta, sou apaixonada por ela! Espero que ela e meus filhos sejam muito amigos! Meus pais vieram para perto de mim, adotei Stevie por acaso e depois Peppa para fazer cia para ele. Depois chegou a Anna, para ser a gatinha do Arthur. Planos para um quarto gato? Acredito que não, brinco que fiz laqueadura felina, rs. Quando as crianças forem maiores quero muito começar um projeto de Lar Temporário (receber, cuidar e tratar de gatinhos até que sejam adotados), um sonho anotado que quero muito que se torne realidade! Lua e Max seguem bem, velhinhos e amorosos, ela com 12 anos e ele com 10. Viajamos bastante, passeamos aqui em São Paulo, o parque Villa Lobos foi uma agradável surpresa de fim de ano (eu já conhecia, mas meu marido e filho não e eles amaram, vamos sempre agora!).

2015 será um ano bom, tenho fé! Será um ano de grandes mudanças e decisões na minha vida, minha segunda filha chega para completar nossa família, mudanças importantes no meu serviço vão acontecer, a Federal vai ou racha, Arthur fará 4 anos (já?!), quero ler mais, ver mais seriados, levar mais Arthur ao cinema, já que ele aprendeu que cinema é legal e nem pisca assistindo os filmes! Quero ajudar mais bichinhos, seguir unida com minha família (brinco que é nosso clã, unido e fiel uns aos outros), organizar minha casa, viajar muito, ir pro Piauí se der. Quero planejar um aniversário bem legal para mim, que chego aos 30 nesse ano ano, estudar mais, relaxar mais... quero ter mais tempo! Espero que consiga fazer metade do que quero, porque o tempo vai, pra variar, voar...

Feliz ano novo à todos!

Foto do Ano Novo em Copacana, ano passado, passou num piscar de olhos!