segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Blogagem Coletiva - As 5 Melhores Viagens em Família

E essa é a nossa primeira blogagem coletiva, estou tão feliz em poder participar! 

O assunto é bem interessante e não é fácil escolher uma viagem favorita! Cada uma tem seus melhores momentos, seus perrengues e suas lembranças! Só contei as viagens depois que tive o Arthur, porque se fosse contar as viagens em família antes de ser mãe, ficaria doidinha! Fiz tantas viagens lindas e bacanas com meus pais e irmão! Foi muito legal escrever esse post, rever fotos, ver Arthur pequenino, lembrar detalhes de viagens tão gostosas! Depois de muito pensar, nosso top 5 ficou assim:

#1 - Orlando

Quando: maio/2014
Idade do Arthur: 2 anos e 10 meses
Por que é especial: primeira viagem aos Estados Unidos minha e do Arthur, assim como primeira vez na Disney e viagem longa de avião
Cia aérea: Gol (com conexão em Santo Domingo, na República Dominicana)
Hospedagem: todos os dias no SunSol, na região da International Drive

Essa viagem foi a nossa preferida até agora. Eu fui sem muitas expectativas, nunca tive aquele sonho de conhecer a Disney, sabe? Mordi a língua, aquele lugar é demais, fora os outros parques super bacanas que a cidade oferece. Fora que Orlando é tudo de bom, amei a organização de lá, as compras, os restaurantes, um lugar ótimo pra toda a família!

Embarcamos em Guarulhos logo no começo da madrugada. O voo da Gol é simples, o avião que faz o trajeto é o usado em voos nacionais, ou seja, bem pequeno. Não tem entretenimento a bordo, mas como fizemos voo noturno nem nos fez falta. Ficamos na classe Comfort, que tem mais espaço nos assentos, isso foi ótimo pro Arthur dormir. Fizemos uma conexão em Santo Domingo, coisa rápida, uma horinha. Nem deu tempo de conhecer muito o aeroporto, passei rapidinho no Duty e logo tivemos que voltar. Umas duas horas e meia depois chegamos em Orlando!

Passamos na imigração, o agente foi super simpático com a gente. Pegamos nossas malas e aí o sonho começou! O aeroporto de Orlando é imenso!!! Para nos deslocarmos lá dentro, andamos de monorail, um trenzinho que anda entre os terminais. Pegamos nosso carro na locadora e saímos perdidos pela cidade, rs. Com um mapa de papel, ficamos lá dentro do carro parecendo doidos, virando o mapa em tudo que era posição para tentar nos localizarmos. Depois de muito custo, conseguimos nos localizar e fazer o check in no hotel. O hotel era simples, mas atendeu bem as expectativas. Tinha uma piscina (que não usamos nenhuma vez) e café da manhã incluso na diária (que só meu marido usufruiu, eu preferia dormir um pouco mais e tomar café no quarto com as coisas que comprávamos no Walmart). O estacionamento era amplo e sempre tinha vagas, quando anoitecia um segurança ficava circulando pelos corredores do hotel, o que achei muito bom, já que Orlando tem muitos casos de furtos aos quartos de hotéis. O quarto era amplo, tinha um sofá-cama, uma cama grande tipo queen, guarda-roupa com cofre, banheiro (sem banheira) e uma copinha com pia, microondas e frigobar.

No mesmo dia fomos ao Florida Mall e lá compramos chips da T-Mobile, que nos permitiu usar a internet, além de poder ligar para meu marido quando a gente se separava e também poder ligar para telefones fixos do Brasil (falei com minha mãe diariamente!). Também encontramos um casal de amigos com seus filhos, fizemos muitas coisas da viagem juntos, foi muito legal!

Durante a viagem conhecemos vários lugares e restaurantes e fizemos quase todos os parques, ficou faltando o Legoland, não deu tempo. Abaixo vou listar o que mais gostamos de fazer:

Parques: Island of Adveture e Universal Studios (meu filho amou brincar na montanha-russa do Pica Pau, a área do Bob Esponja, do George Curioso e do Gatola da Cartola), Disney's Animal Kingdom (foi o parque que tivemos mais facilidade em tirar fotos com os personagens) e Disney's Magic Kingdom (passamos boa parte do dia na Tomorrowland, na atração do Buzz) e Aquatica (parque aquático muito legal).

Restaurantes: Outback (comida deliciosa e atendimento muito bacana, com uma pequena brinquedoteca, foi nosso preferido), Chili's (comida mexicana, fizemos check in no Foursquare e ganhamos uma porção de nachos com molhos!), Taco Bell (gostoso, barato, era meu queridinho nas passadas pelo Florida Mall), Five Guys (hamburgueria tudibom e barata!). Também fomos ao Chuck E. Cheese's, que serve uma comida bem americana, tipo pizza, refri, batata frita. A comida não é nossa, A comida, é simples, mas para a criançada é bem legal porque é tipo um Playland (com jogos eletrônicos, carrinhos, pinballs), vale uma visita.

Compras: Walmart, Premium Outlets e Florida Mall. Fazer compras com crianças pequenas é muito complicado, meu filho sai correndo, se esconde nas lojas, então nosso foco não foi tanto as compras. A gente se dividia, meu marido ia sozinho pela manhã comprar roupas pra ele e nosso filho e eu fui umas duas vezes comprar umas roupas pra mim, na Ross e no Outlet Premium. O Florida Mall era bom porque tem muitas opções para comer, além de uma Disney Store muito boa. O Walmart era o salvador da pátria, compramos muitas comidinhas e snacks para beliscar e comer nos parques, além de ter de TUDO! Comprei roupinhas pro Arthur e minha afilhada, chupetas e mamadeiras NUK a um terço do que pago no Brasil, papinhas em saquinhos, brinquedos, material escolar... para a mulherada, a parte de perfumaria é de endoidar, shampoos, cremes, maquiagem de todos os tipos, marcas e preços. Fora que comprar lembrancinhas da Disney lá é bem mais barato! Imãs, chaveiros, pelúcias, tudo mais em conta que nos parques.


No Buzz Lightyear's Space Ranger Spin, do Magic Kingdom


Jantar no Chili's da International Drive, super recomendado!


Rumo ao Magic Kingdom!


Meu bottom de primeira visita à Disney


Milkshake de Oreo do Outback, um abraço na alma!


Universal Studios


Momento tiete no Animal Kingdom


#2 - Piauí

Quando: junho e julho/2012
Idade do Arthur: 1 ano
Por que é especial: primeira viagem do Arthur à terra do meu pai, conhecendo toda minha família paterna.
Cia aérea: Gol
Hospedagem: casa de familiares

Essa viagem foi muito especial pra mim, foi muito legal ver Arthur interagindo tão bem com a natureza, conhecendo meus tios e primos, brincando na terra, dando comida para as galinhas e curtindo tudo isso! Dessa vez meu marido não foi, fomos apenas eu, Arthur e meu pai. Pena que é tão longe, por mim voltaria pelo menos umas duas vezes por ano. Ficamos quinze dias e foi muito bacana, não vejo a hora de levar minha caçula pra lá também!

Fomos e voltamos de Gol, por Guarulhos, voo direto na ida e na volta. Em Teresina, meu primo Ivan nos buscou no pequeno aeroporto de Teresina e de lá, fomos pra casa dele. Passamos uns dois dias lá, vi meus primos, matei a saudade, apresentei Arthur à todos. Aproveitamos para passear pela cidade, que passou por algumas melhorias e também fomos até Timon, no estado do Maranhão (divisa com Teresina) para tentar achar Guaraná Jesus (aquele guaraná diferente, rosa, com gosto de canela, conhecem?).

Depois, fomos pra rodoviária de Teresina, rumo ao sertão! A viagem é longa, com troca de ônibus, já conto o trajeto. Pegamos um ônibus rumo a Valença do Piauí, umas três horas de viagem. Lá pegamos uma caminhonete rumo a Pimenteiras, mais uma meia hora de viagem em estrada impecável (acreditem se quiser!). Chegando em Pimenteiras, pegamos outra caminhonete rumo ao Sambito, estrada de terra esburacada, uma verdadeira aventura, 30 Km que são feitos em uma hora de muitos solavancos (pura emoção, rs!).

Chegando ao Sambito você se sente em outra dimensão, sério! É outra realidade... lá a luz chegou na década passada, as estradas são de terra, internet não chegou, telefone é coisa rara, comida é caseira, todo mundo cria galinhas, cabritos e porcos, as casas são grandes, simples e acolhedoras. O banho é frio (deliciosamente frio!), o café da manhã não tem pão, mas tem beiju com queijo coalho ou manteiga de garrafa, o almoço é sempre bom, arroz, feijão de corda, galinha ensopada, macarrão alho e óleo. Eu amo aquele lugar, suas histórias e seu povo, morro de orgulho de fazer parte dessa história de alguma maneira, já que sou filha de um autêntico filho do Sambito. Amo mostrar pro Arthur a origem da nossa família e espero poder levar meus filhos sempre pra minha terra querida =)


Brincando com as galinhas, no Sambito


Em Pimenteiras


Conhecendo o primo Ruan


Tomando banho de tanque com o vovô


No quintal da tia Maria do Carmo, no Sambito


Com o primo Ivan, em Timon, tomando Guaraná Jesus


Tomando banho de bacia em Teresina (faz calor demais no Piauí!)



#3 - Argentina e Uruguai

Quando: junho/2012
Idade do Arthur: 11 meses (fez um aninho em terras portenhas =])
Por que é especial: primeira viagem internacional em família
Cia aérea: Pluna (a Pluna não existe mais; ida por Montevidéu, volta por Buenos Aires)
Hospedagem: em Montevidéu, Hotel Los Angeles; em Buenos Aires, Catalina Suites

Fizemos essa viagem por agência e não foi a melhor escolha, porque os hotéis que as agências nos colocam é, em geral, os "bagulhos" que ninguém quer ficar. No fim deu tudo certo e acabamos tendo histórias pra contar, mas Argentina e Uruguai são lugares fáceis de ir por conta própria, ir por agência é furada!

Embarcamos em Guarulhos num avião da Pluna, levei um susto quando vi aquele teco-teco crescido, rs, um avião fino, duas fileiras com duas poltronas cada. O voo foi tranquilo e logo chegamos em Montevidéu. O aeroporto de Carrasco é lindo, reformado, moderno, adoramos! Para economizar, pegamos um ônibus no aeroporto que ia até a rodoviária, foi uma aventura e tanto! Não lembro quanto gastamos, mas foi bem mais barato que um táxi, já que o aeroporto é bem afastado da cidade. O ônibus, como quase tudo na cidade, era antigo, com aparência de bem velho. O motorista estava ouvindo rock no último volume, era um loiro cabeludo, a gente estava achando graça de tudo, que doideira! Entramos eu, meu marido e Arthur com carrinho e malas (não tinha bagageiro), aquela bagunça. Sorte que assim que entrei com Arthur no colo, um homem cedeu seu lugar para sentarmos!

Chegando na rodoviária, pegamos um táxi, um carro tão velho quanto o ônibus, com uma divisória de acrílico separando os bancos da frente dos traseiros e apenas um buraquinho para colocarmos o dinheiro da corrida. Chegamos ao hotel, bem localizado, no centro da cidade. Outro susto, o hotel era super antigo, com papel de parede, corredores largos e com meia luz, nos sentimos no hotel do Iluminado. Se fôssemos por conta própria, jamais teríamos escolhido esse hotel... tirando a localização, o restante era um terror: fazia um frio de gelar a alma e a janela não fechava direito, a calefação funcionava mais ou menos, a água do banheiro demorava para esquentar, o café da manhã era muito meia boca. Apesar de tudo, levamos tudo no bom humor e rimos muito. Um exemplo? O quarto não tinha frigobar e o leite precisava de geladeira. Fazia tanto frio que colocamos o leite na janela, aí quando chegava a hora de fazer a mamadeira, abríamos a janela pra pegar o leite, púnhamos na mamadeira e enchíamos a pia do banheiro com água quente, era um banho-maria improvisado, rs, aventuras em família. Como disse lá atrás, a localização do hotel era boa, tinha mercados, restaurantes e cafés por perto, o Mar del Plata passava perto também, era bonito de ver, fomos à rambla todos os dias observar o rio e passear de carrinho com Arthur. Na cidade conhecemos bastante coisa, fizemos o city tour, fomos ao shopping, à Praça da Independência

No pacote estava incluso um dia de passeio pelo litoral. Saímos cedo do hotel e paramos em Piriápolis. Estava um frio de gelar a alma e não deu para curtir nada de praia, então tomamos chocolate quente! Ficamos um pouco curtindo a vista e os muito gatinhos (de todas as cores e idades) que ficavam rodeando os turistas e partimos para Punta Ballena, onde visitamos a Casapueblo, linda e diferente construção que abriga um hotel, um museu e o ateliê do finado Carlos Páez Vilaró (que voltou na poltrona ao lado da nossa no avião!). Eu adorei o lugar, adoramos arte e lá é um lugar muito único, a vista para o mar é maravilhosa, as esculturas, os quadros, vale muito a visita!

De lá partimos para Punta Del Este, fizemos um pequeno city tour e ficamos passeando pela cidade a pé. Tomamos sorvete na Freddo, fomos ao mercado comprar toucas e luvas (o frio estava triste, gente, só faltou a neve) e visitamos várias lojinhas. Almoçamos num restaurante super chique, pudemos escolher com a maior calma, já que estava muito frio e a cidade estava bem vazia. Eu adorei, mas ficou aquela vontade de conhecer essa região no calor, deve ser demais!

Voltamos para Montevidéu e no dia seguinte, demos check out no hotel e pegamos um táxi até a rodoviária. De lá, pegamos um ônibus rumo a Colonia Del Sacramento. Chegando em Colonia, deixamos nossas malas num locker da rodoviária e passamos o dia por essa cidadezinha encantadora! Tinha muitas árvores com folhas secando e caindo no chão, bem cara de outono, passeamos pelo comércio, almoçamos uma boa carne, fomos ao pequeno aquário da cidade. Já tínhamos comprado nossos bilhetes para o Buquebus (uma espécie de balsa que faz o transporte de pessoas e veículos entre Buenos Aires e Colonia) pela internet, no fim da tarde pegamos nossas malas e fomos para o Porto, tudo a pé porque a cidade é pequenina! Embarcamos, o terminal muito limpo e novo, reformado, passamos rapidamente pela imigração, carimbaram nossos passaportes e entramos na embarcação. Parecia um mini navio de cruzeiro, todo de carpete, mas com poltronas como um avião. Também tinham uns sofazinhos com mesas de centro (viajamos num sofá desses, bem confortável) e também tinha um Free Shop lá dentro, com perfumes, maquiagens, chocolates e brinquedos (compramos uns chocolates bem legais lá). A viagem é curta, cruzamos o Rio de la Plata em uma hora, com muito conforto, adorei a experiência!

Chegando em Buenos Aires, no Puerto Madero, passamos na imigração, pegamos nossas malas e saímos do porto. Uma fila de taxistas sedentos esperavam os turistas com preços impraticáveis, estava chovendo então eles se aproveitavam mesmo. Saímos da bagunça e fomos para a avenida, conseguimos pegar um táxi com corrida de taxímetro, justo. Fomos para nosso hotel, o Catalinas Suítes, o hotel era antigo, mas reformado, o elevador era daqueles com porta de correr, o quarto tinha um banheiro reformado, uma varanda (que vivia fechada por causa do Arthur), uma cama bem grande, TV e frigobar. Em Buenos Aires achamos fórmula pro Arthur em caixas prontas pra beber, em doses individuais, então não passamos aquele perrengue do esquenta-refrigera que passamos em Montevidéu. Ele estava na fase de transição, fazendo um aninho e se deu tão bem com esse leite que trouxemos muitas e muitas caixas na mala pro Brasil!

Em Buenos Aires fizemos muitos passeios bacanas, amamos aquela cidade! Fizemos o city tour com aquele ônibus da prefeitura, que tem pontos espalhados por toda a cidade, você pode subir e descer nele quantas vezes precisar durante o período que comprou (tem de 24, 48 horas, acho que tem de 72h também). Fomos ao zoológico, adoramos! Dava para comprar saquinhos de ração e alimentar os bichinhos, fomos ao Puerto Madero algumas vezes, comemos no Madero Buffet (muito bom) e no Friday's (uma das piores experiências em restaurante que já tivemos, não recomendamos). Na Calle Florida, trocamos um dinheiro que faltava, tomamos sorvete na Abuela Goye (alfajores também perfeitos!), fomos ao Caminito (no fim da tarde, confesso que fiquei com um pouco de medo dos mal encarados que tinham lá...), deu pra curtir bastante! Também fomos à Calle Corrientes, onde tem muitas lojas para crianças, compramos algumas roupas pro Arthur a um preço bom!

Dia 21 chegou o dia de partimos, Arthur fez um aninho em Buenos Aires, deu tempo de comemorar um pouco por lá, chegamos a noitinha em GRU e ainda comemoramos em casa com os familiares. Essa viagem foi muito querida por nós =)

* Por incrível que pareça, as fotos dessa viagem sumiram! Graças a Deus eu já tinha revelado todas!


#4 - Alagoas e Pernambuco

Quando: abril/2013
Idade do Arthur: 1 ano e 9 meses
Por que é especial: viagem de lua de mel num lugar lindo
Cia aérea: Tam
HospedagemSalinas do Maragogi

No fim de 2012 meu marido ganhou uma premiação na empresa, um vale desconto na CVC. Como já estávamos pensando em nos casar no civil há algum tempo, aproveitamos a oportunidade para escolher um destino bem bacana para nossa lua de mel, mesmo sabendo que levaríamos o pimpolho com a gente (não temos coragem e nem vontade de deixar Arthur para viajar). Fomos a uma CVC e conversamos muito, vimos as opções de destinos e nos encantamos com o Salinas. Escolhemos certinho, o lugar é o paraíso!

Embarcamos em Guarulhos num voo direto para Recife. Chegando lá, uma van já nos aguardava para fazer o transfer. A maioria das pessoas desceram no Grand Oca Maragogi e alguns desceram com a gente no Salinas. Chegamos a noite, mas estava um calorão! Fomos para nosso quarto, que já estava arrumado para receber o Arthur: tinha berço, carrinho de bebê, banheira infantil. Achei ótimo o Salinas para famílias com crianças, em cada bloco de apartamentos tinha uma copinha auxiliar, com pia, microondas, leite em pó, tudo para facilitar a vida de quem ia com pequenos! O resort tem uma estrutura muito legal, recreação para maiores de 3 anos, babás (pagas) para os menorzinhos (não tive coragem de deixar, rsrsr), brinquedoteca, um espaço coberto que tinha piscina de bolinha, cama elástica e a noite os monitores faziam uma sessão pipoca em que todos podiam participar, com desenhos variados. A área da piscina era maravilhosa, tinha um bar anexo com sorvete e bebidas a vontade, além de logo ter a praia à disposição! O resort fornecia guarda-sol e aproveitei para levar Arthur para brincar na areia um pouco durante a hospedagem, porque a piscina era tão boa e tão grande que ficávamos tentados a estar nela o dia todo! Tinha recreação na piscina também, mas mais para crianças maiores e adultos.

Nessa praia saíam passeios para as piscinas naturais, achei muito prático e fizemos os dois passeios que tinham à venda. Arthur aproveitou para dar comida para os peixinhos e eu também, adoro coisas com bichos, rs. Falando em praia, dentro do resort eram vendidos passeios para regiões próximas. Ganhamos o city tour (que meu marido acabou fazendo sozinho, no último dia Arthur ficou com herpangina, coitado, deu febre e tudo!) e fizemos um passeio de um dia para a praia dos Carneiros, em Tamandaré/PE e um em São Miguel dos Milagres/AL.

O passeio em praia dos Carneiros foi bem gostoso, a praia é linda, o local é bem turístico, cheio de pessoas, restaurantes, quiosques, passeios de escuna e por aí vai. Ficamos num restaurante que tinha ducha, brinquedos, redes para dormir, a estrutura era ótima. Pagamos caro por isso, a comida foi um absurdo de cara! Mas como no resort era tudo incluso, até as bebidas, topamos esse gasto numa boa, nem opção a gente tinha também, né? A água da praia era cristalina, fizemos um passeio de barco, vi a capela da praia (fiquei doida pra casar lá um dia, quem sabe?), compramos cocadas, nadamos, espero poder voltar lá logo e com mais calma.

Fizemos também um passeio de um dia em São Miguel dos Milagres, que lugar lindo! Um dos mais lindos que já fomos na vida! A água da praia era de uma cor sem igual, um azul, parecia Caribe (que nunca fomos), tinha barquinhos flutuando no mar, coloridos, parecia uma pintura. Lá é beeeem mais calmo, poucas pessoas, ficamos no restaurante de uma pousadinha, que serve de apoio para turistas como nós, que só passamos o dia. Tinha redes para descanso, piscina, um restaurante com comidinha boa, dava para ir pra praia, nadar um pouco, voltar pro restaurante, tomar uma ducha, cochilar. Me deu vontade de ficar por ali dias e dias, dormindo, comendo e nadando, Arthur e meu marido também amaram e prometemos voltar um dia!

Sobre a comida do resort: não bebemos nada alcoólico nessa viagem (acho que meu marido tomou cerveja), então não posso opinar nessa parte. Tinha refrigerantes, água de coco, água, sucos a vontade, a comida era bem gostosa, mas não gostamos das sobremesas, no geral simples, muita gelatina. Tinha muitas opções de pratos, alguns dias tinha muitos frutos do mar (que amamos) e também tinha uma mesa baixinha com opções para os pequenos, geralmente carregadas de batata frita, infelizmente. Como Arthur era bebê, deu pra gente segurar legal. Adoramos a hospedagem, foi uma semana maravilhosa, com conforto, praticidade, pretendemos voltar!


Parada em Japaratinga, a caminho de São Miguel


Vista do rio que cruza o resort


São Miguel dos Milagres


Meninos tirando uma soneca na rede


Arthur brincando em São Miguel dos Milagres


#5 - Santiago/Chile

Quando: julho/2012
Idade do Arthur: 1 ano
Por que é especial: eu e Arthur conhecemos a neve!
Cia aérea: Lan
Hospedagem: Plaza El Bosque Ebro

Essa foi uma viagem meio de última hora, minha mãe achou uma promoção de passagens para o Chile num feriado e fomos todos, só faltou meu pai. Apesar de um pequeno stress no check in (nos colocaram na última fileira do avião, nas poltronas que não reclinam...), o voo foi tranquilo. Fiquei encantada com a cordilheira dos Andes, é muito lindo vê-la lá do alto!

Chegamos em Santiago e passamos rapidamente pela imigração. Pegamos um táxi rumo ao hotel, que foi uma agradável surpresa, amamos! O quarto era bem espaçoso, tinha uma pequena salinha, o banheiro tinha banheira, o café da manhã era uma delícia, no último andar. A vista para a cordilheira era linda e o café tinha muitas opções de frutas (algumas que não estamos acostumados, como grapefruit), pães, cereais, gostamos muito!

Logo no primeiro dia fechamos um transfer para o Valle Nevado, pois estávamos com um bebê e preferimos ter um transporte que pudesse voltar a qualquer momento caso precisássemos. Valeu a pena, mas gastamos um bom dinheiro (não lembro o valor), só não pesou tanto porque dividimos por dois e o conforto valeu a pena demais! Fomos um dos últimos a sair do Valle! O dia do Valle Nevado foi muito bacana, eu nunca tinha visto neve (não morri de amores, não gosto de frio, rs, mas valeu a experiência). Meu marido e irmão aproveitaram o dia para esquiar, enquanto isso eu e minha mãe ficamos com Arthur vendo as pessoas esquiarem, tomando lanche, café e comendo aquele maravilhoso waffle de nutella, hummm! Depois de muitos tombos e hematomas nos meninos, voltamos para o hotel, a descida deu uma baita náusea na minha mãe, coitada! Quase vomita dentro da van!

Como ficamos poucos dias, fizemos tudo meio a jato. Conhecemos o Cerro San Cristobal, o Zoo de Santiago (um dos mais legais que já fomos), o shopping Parque Arauco (com um espaço família excelente) e o shopping Costanera (praça de alimentação gigante!). Não deu tempo de fazer o city tour, mas os poucos dias que passamos em Santiago foram suficientes para me encantar, quero muito voltar! A comida é bem gostosa e lá eles usam muito avocado nos pratos, até no Mc Donalds tem um lanche que vai a fruta, achamos muito diferente!

Chegamos!


No Cerro San Cristobal


No Zoo de Santiago


No Valle Nevado, gatinho com a vovó


Zoo de Santiago


Valle Nevado


Espero que tenham gostado do post, ansiosa pela próxima blogagem coletiva! A seguir, links dos outros blogs das famílias viajantes, cheios de dicas e relatos legais!

1 - Felipe, o pequeno viajante - Claudia Rodrigues

2- Bebê PiccoloKelly Resende

3- Viagens que Sonhamos - Francine Agnoletto

4- Mosaicos do Sul - Claudia Bins 

5 - Viajando com Pimpolhos - Sut-Mie Guibert 

6 - Vida de Turista - Thiago Busarello  

7 - Gosto e Pronto - Debora Segnini 

8 - Viajando com Palavras - Thyl Guerra 

9 - Viajando em Família - Débora Galizia 

10 - Trilhas e Cantos - Liliane Inglez  

11 - Pezinho na Estrada - Anna Karla Moura Ramos 

12- Mamãe Tagarela - As Melhores Viagens de Pititico 

13  - Brasileiros Mundo Afora - Família Bömmels  


15 - Ir, ver e viver o mundo - Cláudia Cruz 

16 - Eu viajo com Meus Filhos - Patricia Papp 

17 - It Babies - Valeria Beirouth 

18 - Viagem Simplesmente - Susana Spotti 

19 - Registros de uma Mãe Carioca - Claudia Cosentino 

20 - Mala Inquieta - Renata Luppi 

21 - Baianos no Polo Norte - Livi Souza 

22- Andreza Dica & Indica Disney - Andreza Trivillin  

23- Ases a Bordo - Ana Luiza Ogg Strauss; André Strauss  

24 - Lala on the road - Manuela Andrade 

25 - Para a Disney e Além! - Carlos e Isabel Monteiro 

26 - Rascunhos de Fotografia - Jamille Andrade 

27 - Batendo perna pelo mundo - Amanda Lago

28 - Colagem - Luciana Misura

29 - Do RS para o Mundo - Andrea Almeida Barros

30- Viajar hei - Patricia Longo Tayão.

31 - Familia Viagem - Simone Hara & Mônica Souza

32 - Cantinho de Ná - Cynara Vianna

33 - Bora com a Gente - Andréa Lopes

34 - Os Caminhantes - Marcia Tanikawa

35- A Próxima Parada -  Aressa Baffi

36 - Viajando de Carro - Rosângela LVS

37 - Espelho de si - Trícia Ferreira 

38 - Roteiro Renatours - Renata Ungier

39 - E aí, Férias! - Camila Faria 

40 - Guaciara Rhein - Guaciara Rhein 

41 - Vou Viajar - Lu Aquino 

42 - Viagem com Gêmeos - Erica Piros Kovacs 

43 - Desempilhados - Tati Rosa Domingues 

44 - Malas e Panelas - Andrea Martins 

45 - Inventando com a Mamãe - Chris Ferreira

46 - O Mundo Disney - Daniele Dias

47 - Malas & malinhas - Bárbara Calmeto 

13 comentários:

  1. Guacira, que legal a sua experiência. Argentina e Uruguai são países tranquilos e também acho desnecessário agência. Chile eu tb sou fã! Me falta Orlando e Piauí. Quem sabe um dia?!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Andrea, se puder ir um dia, vá! Piauí tem muitas coisas lindas para conhecer, como os sítios arqueológicos, um litoral pequeno, mas bem bonito e interessante, com o Delta do Parnaíba, dunas e praias! Orlando eu fiquei tão fã que quero mudar pra lá, rs! Bjs e obrigada pela visita!

      Excluir
  2. Legal. Orlando a gente não esquece mesmo, não é? Também sou fã da Argentina. abrç

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Orlando é tudo de bom, por mim voltaria todos os anos! Adoro calor, os parques, o Walmart, rs! Bjs!

      Excluir
  3. Adorei a forma como você organizou os posts....e as viagens idem! Santiago é um dos lugares que está na minha wish list! Se bem que com essa blogagem coletiva inclui muuuuuuuuuuuuitos lugares lindos!

    Adorei o blog!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Trícia! Santiago é muito bacana, quero voltar, mas vou esperar minha pequena crescer um pouco para aproveitar pelo menos o zoológico de lá, o mais legal que já fui! Também li os posts e fico sonhando com vários destinos! Obrigada pelo elogio e pela visita, bjs!

      Excluir
  4. Debora Godoy Segnini27 de fevereiro de 2015 16:27

    O Chile está na minha lista faz tempo... e muito, mas ainda não será esse ano, acho! Lindas as suas imagens, as do mar são divinas. Um beijo :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Debora! Obrigada pela visita! E o Chile é um encanto mesmo, ainda quero conhecer o litoral de lá e também a parte mais ao sul, Paragônia e cia! Bjs!

      Excluir
  5. Guaciara,

    O Litoral de Alagoas, será nosso próximo destino.
    Adorei seu relato!!

    Beijão,
    Fran@ViagensqueSonhamos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Francine! Alagoas é um estado querido, amei todas as praias que fui na vida, voltaria de olhos fechados! E o Salinas é um resort bem bacana, também gostaria de voltar!

      Boa viagem e obrigada pela visita! Bjs!

      Excluir
  6. Oi Guaciara,
    post cheio de dicas. Muito legal! Parabéns e gostei muito dos destinos. Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Muito obrigada pelo elogio e visita! Bjs!

      Excluir
  7. Ah, a primeira blogagem coletiva a gente nunca esquece! rsr Ainda mais começando com Orlando! Adorei o "abraço na alma" do milkshake de Oreo! :) Parabéns pelo post!

    ResponderExcluir